Neste Ano eu Prometo (2015 Deluxe Edition Plus)

Screenshot_180

Bom, sei que esse ano não apareci muito por aqui, mas é o que tem pra hoje. Vou ser suscinto e objetivo pra não ter muitos meandros.
qUe DiZeR dEsSe AnOo Ki mAl aCaBoU e Já cOnSidEro pAkaS? (escrever assim é uma merda hahahahaha) Leia o resto deste post

Anúncios

Neste Ano eu Prometo – 2014 [Post resgatado do passado]

Nota no final de 2015: Acabei de notar que ano passado eu esqueci de publicar o #NAP de 2014, então esse ano eu vou postar os dois! hohoho

Fala aí meu povo, não é que 2014 acabou mesmo? Teve copa pra caralho, e não faltou trampo esse ano que se foi. Até de emprego eu troquei e hoje sou uma pessoa melhor (wut?). Das metas do NAP (Neste ano eu prometo) 2013, algumas eu pus em prática: troquei de emprego, pra uma posição melhor, é claro.

Fiz alguns cursos de ilustração e pintura digital, que, eu não comentei, mas era uma meta também. A saga da CNH e Massai-movel também tiveram novos capítulos: já estou na auto escola e agora é questão de tempo para eu alcançar a famigerada licença para dirigir. Alias, é tão fatídico, que vocês não fazem ideia. Tirar carteira é horrível, cansativo e maçante. Há de valer a pena, certamente, mas não deixa de ser terrível. Eu sei que a meta dizia que eu iria tirar a carteira em 2014, mas as circunstancias não deixaram. Outro ponto que finalmente rolou: a banda saiu do papel e já fizemos 3 show! Somos o novo nome do hardcore latino-americano e já ganhamos 19 Grammy’s. Mentira, mas já estamos com várias músicas prontas e o primeiro album saíra no que vem!(se deus quiser) Esse ano também, encontrei minha querida companheira, Rachel, que em seis meses de namoro, já fez mais do que eu poderia imaginar em alcançar esse ano! Eu não poderia deixar de citá-la neste post e tenho certeza que ela estará presente em todos os objetivos da minha vida deste ano em diante.

dglLw

Em 2015, pretendo terminar de tirar a carteira, e comprar meu carrinho. É uma meta que pra muitos pode ser meio overated, ou até fútil, mas é o que tem para hoje. Quero também aprender umas sacadas de empreendedorismo e talvez adquirir alguns ativos monetários. Pretendo também finalizar o ano com o tão almejado inglês fluente, para assim, planejar algumas viagens ao exterior. Em suma, 2015 vai ser uma continuação da parábola de crescimento que foi 2014. Tudo há de ser bom, tenho certeza! Ate lá!

Edição 2015: Como de costume, a música de 2014 foi, com certeza ‘Gota a Gota’ do Pense:

Carteira de motorista, Projetos novos, Pranchetando #01

12344
E aí pessoal! Andei sumido sim e não nego. Mas dessa vez, posso justificar: ando com MUITOS projetos, trabalhos e claro, to na luta pra tirar minha carteira de motorista. Leia o resto deste post

Spotify, Misfits e Obras Pulp.

misfitsfamousmonsters
Essa semana eu caí na real de que eu estava pagando o Spotify atoa. Isso porque a banda 4g/3g do brasil não suporta esse tipo de serviço – pelo menos não por um preço justo e acessível. Sendo assim, resolvi dar uma utilidade para o spotify e justificar os 15 reais que pago mensalmente. Leia o resto deste post

A grama do vizinho sempre se diverte mais (?)

Você já tiveram a sensação de ser o único a não estar se divertindo? Eu sempre tenho essa sensação, não importa o quão maneiro seja algo que eu estou fazendo. Na verdade, isso encaixa na máxima famosa: “a grama do vizinho é sempre mais verde”, porém sem a conotação de inveja e/ou insatisfação pessoal.

É tipo quando você está viajando ou fazendo algo legal em algum lugar e você precisa ir embora. Não importa o quão divertido foi sua estadia ali ou por quanto tempo ficou ali, você sempre vai ter a sensação de que justo naquele momento em que você está indo embora, todos resolveram se divertir mais, e o evento passa a ser o role mais bombástico ever. Isso deve estar na source do universo, com certeza.

Acho que cabe aqui também aqueles caras que quando arrumam namoradas, ficam afim de ficar solteiros e quando estão solteiros ficam afim de namorar hahahaha… Mais uma vez, cabe dizer que não se trata de insatisfação, inveja ou descontentamento. É só uma sensaçao mesmo. Não sei ao certo o porquê mas, acabei pensando nisso hoje mais cedo.

Do hardcore à musica clássica!

Fala meu povo! Finalmente acabou a semana mais longa do ano! Até um litoral rolou no finalzinho – fui pro Espirito Santo com meus amigos da banda Arcover para ver um show deles por lá! Aí já viram né: viagem de galera, praia, cerveja e muito hardcore! Leia o resto deste post

Ano novo dos preguiçosos e pequenos insights pós carnavalescos

reactionEles dizem que o ano só começa depois do carnaval por aqui. Acho que to pra concordar, pelo menos aqui no blog. No meu dia-a-dia não, pois, muitos projetos estão em andamento e funcionando bem, obrigado. Alias nesse meio tempo, com tanto trabalho, eu me peguei pensando em como as coisas são, e conclui algumas coisas que talvez sejam obvias por aí.

Leia o resto deste post

Bem Vindo À Era do Proselitismo Político

vort
Galera, eu realmente prometi a mim mesmo não comentar sobre o assunto, mas qual é desse proselitismo repentino de ser politizado? Leia o resto deste post

Esse Post É Relevante, Apontam Estudos

??????????????????????????????????????
Que a internet é uma fonte inesgotável de conhecimento ninguém há de negar, né? Mas, toda essa liberdade e diversidade, tem criado um fenômeno que tem chamado minha atenção. Quem passa uma fatia considerável do seu dia na internet ja deve ter se deparado com o fator Estudos Indicam, né? Trata-se de postar uma matéria sobre algum assunto, dizendo algum fato curioso sobre qualquer coisa – geralmente coisas absurdas e contra alguns protocolos sociais – e embasar toda aquela nova informação com um simples “diz estudo”. Leia o resto deste post

Voltei(?)

Fala ai, seus vagabundos! Tudo em cima né? Muita gente tem me perguntado o porquê de eu não estar postando mais no blog. Bom, e se eu te disser que não há uma boa razão para isso? Alias, existe sim: não postei simplesmente porque eu quis assim. O Aurélio define o que rolou:

Procrastinar – v.t. e v.i. Adiar, espaçar, delongar. / Usar de delongas.

Em suma, eu simplesmente fui adiando novas postagens e acabou passando bastante tempo sem posts. Acho que isso se deve ao fato de eu ficado um pouco sem pauta e tal, vinha falando muito sobre musica… Não que falar sobre musica seja um problema, mas não pode ser só isso, né?

De qualquer forma, ultimamente pretendo voltar a publicar minhas ideias idiotas por aqui, uma vez que no Obrigado Pelos Peixes, onde eu sou colunista, o foco e mais a cultura pop. Sobre o lance da musica, eu to com planos encaminhados de montar um pequeno site/blog sobre musica, onde haverão resenhas, drops de novidades, listas (o conceito do vórticelist provavelmente vai pra la) e quem sabe até um podcast. O site será voltado para a cena independente/underground, que é o que eu conheço e participo, então posso escrever com mais propriedade.

Musica sempre foi bem mais que um hobbie pra mim, afinal, como já devo ter comentado, eu ouço musica 80% do meu dia a dia. Leia o resto deste post